SEREMOS PARA SEMPRE O QUE FAZEMOS, SENTIMOS E PENSAMOS

Todo o nosso passado está no presente, e o nosso presente estará no futuro — o que nós passamos agora é do passado, inclusive acrescentado pelo que fazemos atualmente, sejam as boas ou más obras, e de acordo com o seu volume, seja bom ou mal. Posso dizer que na vida psíquica não existe o fim, pois a ação é eterna — quando pensamos que esquecemos erramos, porque o que realizamos é, simplesmente, esconder o que não desejamos lembrar. De qualquer modo, tudo o que aconteceu está guardado em nosso interior para sempre, porque para a ação não existe tempo e espaço, toda ela está presente inteiramente difusa no espaço — é por este motivo, que carregaremos o que fizermos, pensarmos e sentirmos para o Juízo Particular e Final, como se tivesse acontecido agora, não importa em que tempo, ou em qual região estivermos. Quando dizemos que seremos perdoados, temos que nos lembrar que, também não seremos esquecidos, do que fazemos.

Nossa existência é rápida, mas a conduta não, pois viveremos com ela para sempre, porque seremos o que fazemos, de acordo com o nível — não é porque alcançamos uma vida eterna, que iremos mudar de conduta, pois, ao estar em ambiente favorável, continuaremos no que escolhemos, pois só o céu é maravilhoso, e nós participantes de acordo com o nível. Não podemos nos esquecer que formamos a existência com o que fazemos, pensamos e sentimos, porque determinamos o próprio Ser com nossas atitudes — somos nós que escolhemos o que seremos, pois a vida do Além é invariável, tendo de se adaptar a ela, e não ela a nós.

Tudo foi formado de acordo com a Vontade Divina (com o que é real), e não poderia haver de outro modo — este é o motivo de não se poder existir diferentemente, porque a realidade é uma só. É claro que a patologia e os enganos são apenas desvios e estagnação ao que é correto, que temos de conscientizar e corrigir. Nem o Criador pode fazer o que não somos, motivo de existir o erro e a patologia, que são atinentes até aos anjos e humanos deformados e doentes. A Ação faz o Ser, de acordo com o tempo que temos de liberdade, para escolher o tipo de existência futura.

Quando falo que seremos para sempre o que fazemos, sentimos e pensamos, para entrar no Paraíso Divino, temos evidentemente de corrigir os seus aspectos patológicos, que são demoníacos — essa possibilidade levou os religiosos a acreditar na existência de um purgatório, onde seriam corrigidos os enganos que não conseguimos eliminar aqui.

Com certeza, as pessoas tementes a Deus, que não conseguem chegar a um nível de virtude perfeita, terão de permanecer em um ambiente ao contrário daquele que viveram aqui, causando-lhe enorme sofrimento, porque será como passar do que era satisfatório, para uma situação extremamente desagradável e mesmo insatisfatória —esse é o motivo, neste mundo, de rejeitar a orientação verdadeira, que é de acordo com o que é verdadeiramente real. Estou desejando esclarecer que não é porque uma pessoa fala que frequenta uma Igreja é que ela vive corretamente, mas é aquela que vive fazendo o Bem, o Belo e o Verdadeiro.

Vivemos aqui e agora simultaneamente o natural e o sobrenatural, ao lado do normal e do anormal, ou do saudável com o patológico, pois estes se chocam — mas, o que predomina totalmente é o segundo elemento, que é muito mais próximo a Deus, porque é mais semelhante a Ele, não apenas na qualidade, como também na quantidade, pois o Universo Material constitui em uma Gota de Água, no Oceano da Criação. Posso dizer que o Espiritual é quase Infinito, como o seu Criador; talvez 90% de tudo o que existe, ao contrário do que a maioria dos Seres Humanos pensa, só por ser mais invisível — posso dizer que o visível é 10% do que existe, e o Sobrenatural é que segura e conserva o natural material que, inclusive, contém em parte o sobrenatural, pois o natural constitui um restinho da energia total, e o material apenas uma fumaça que se levanta de um fósforo aceso.

É necessário que a Humanidade tome conhecimento de que o Universo Material com os seus bilhões de Sóis, Galáxias, Planetas, constitui uma pequena parte da Criação. O que existe mesmo no Universo (Espiritual) é de 90%, e só não alcançamos até agora essa percepção, porque ele é invisível; e também devido à cegueira, ocasionada pela soberba, inveja e demais vícios. Porém, quero deixar registrada aqui essa informação, para que todos nós comecemos a considerar que temos uma incrível deficiência nos conhecimentos, não sabendo o que existe realmente.

Norberto da Rocha Keppe

Gostou deste conteúdo? ajude-nos a compartilhar esta página
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

• Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que está satisfeito com ele. Política de Privacidade

• We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue to use this site we will assume that you are happy with it. Privacy Policy

Need help?