NORBERTO KEPPE – O Meu Trabalho: a Trilogia Analítica

O Meu Trabalho: a Trilogia Analítica

“Na essência, somos bons, belos e verdadeiros.

Se a gente fica doente, é porque nega  o que é bom, o que é belo e o que é verdadeiro. Se pararmos de negar, imediatamente retornamos à saúde”.

Trecho extraído de uma conferência do autor.

NORBERTO KEPPE*

Gostaria de falar o motivo por que eu criei a Trilogia Analítica (unificação da Ciência, Filosofia e Teologia). Sempre a ciência criou uma ideia de que não poderia colocar o Ser Divino nos seus estudos.

Então, a ciência praticamente nasceu ateia.Freud falou que teria que fazer tratamento ateu, o que é impossível, porque o problema do ser humano, psíquico, é justamente o mesmo que a Bíblia fala do demônio, ele quer ser um deus (teomania). Toda pessoa que rejeita o Ser Divino, que acha que não há relação nenhuma com Ele, que não quer acreditar na existência dele, é doente. O problema fundamental é ligado à descrença ao Ser Divino que criou tudo, e que está em tudo. Somos seres espiritualizados na prática.

A doença, seja psíquica, seja orgânica, é artificial;  ela é, como a medicina fala, um corpo estranho. Por esse motivo, fiz uma relação do ser humano doente com as questões espirituais.

Toda doença, até do corpo, vem da vibração errada que o indivíduo tem dentro de si. É um fator muito importante para que todos saibam.E a sanidade existe nas piores pessoas até, e é só tirar o elemento superficial, artificial, que a pessoa volta ao estado bom.

Vivemos no paraíso, e se não o estamos usufruindo, é por causa do ser humano. Estamos dentro do paraíso terrestre. Esse paraíso existe na natureza, e o ser humano, tendo vícios, apontados na questão teológica (megalomania, inveja, ira, avareza, preguiça, gula, luxúria, nesses elementos), breca a saúde e a vida natural.

Se somos filhos de Deus, recebemos uma natureza divina perfeita. Sendo branco, negro, amarelo, sendo brasileiro, americano, africano, asiático, australiano, todos são filhos de Deus. A pessoa que é, por exemplo, judia, cristã ou maometana, e mesmo a pessoa que é descrente, que não quer acreditar em Deus, é filha dele.

A questão da doença, de qualquer problema social, é porque o ser humano não quer ser o que ele é, ou não aceita o próximo como ele é. Se
todos vivemos no paraíso e temos uma base sã, normal ainda, podemos corrigir os defeitos da existência, porque, na essência, somos bons, belos, verdadeiros. Se a gente fica doente, é porque nega o que é bom, o que é belo e o que é verdadeiro. Se pararmos de negar, imediatamente retornamos à saúde.

Para resolver o problema de qualquer doença é só evitar algo errôneo aqui e agora. Queria deixar essa mensagem, para dizer que nossa felicidade, bem-estar, nosso paraíso está à disposição de todos. Temos que ter essa consciência, de que o mal é na conduta externa. Se houver essa conscientização, principalmente dos problemas que existem, de relacionamento, de trabalho, se o indivíduo tiver uma ação normal, boa, ele terá uma saúde perfeita e o encontro, até antes do tempo, com Deus, no sentido de viver aqui o Reino Divino.

*Psicanalista, filósofo, cientista social, pedagogo e físico independente, autor de 43 livros, fundador e presidente da SITA – Sociedade Internacional de Trilogia Analítica, que unificou a ciência à filosofia e teologia.

 

Quer ler mais sobre esse assunto?

Jornal das Faculdade Trilógicas Keppe e Pacheco

Livraria Proton
Livro: Trilogia Analítica

Gostou deste conteúdo? ajude-nos a compartilhar esta página
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

• Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que está satisfeito com ele. Política de Privacidade

• We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue to use this site we will assume that you are happy with it. Privacy Policy

Open chat
Need help?